sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Presente ganho

 Hoje se descobriu completa. E para que tantas tristezas? Ela pertencia ao mundo, e o mundo pertencia a ela. Para que mais do que isso? Hoje acordou disposta a viver. Mais forte e segura do que costumava ser, hoje acordou disposta a deixar pra lá tanta coisa. Tomou um banho tão quentinho que derreteu seu corpo todo, seu coração endurecido. Não queria mais saber de ninguém, estava satisfeita consigo mesma, pela primeira vez desde então. Hoje acordou respirando a vida nova que estava chegando, amanheceu o dia dando boas-vindas ao que tinha de melhor. Hoje acordou. Hoje é o presente… E presente ganho não se recusa.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Outra noite

 Outra noite eu chorei por você, outra noite joguei pelas janelas os velhos concelhos '' não fale sobre, não pense a respeito, esqueça. ''
 Outra noite se vai, e a dor parece cada vez mais viva em min, quem dera ela passasse assim como os olhos se fecham para descansar, para quem sabe deixar meu coração mesmo que apenas por horas menos pesados, menos doloridos, deixar com que ele bata ao invés de só apanhar.
 Outra noite, mais uma noite que eu perco pensando nesse desamor, pensando no quanto me doei pra não receber nada em troca.
 Como massacra essas noites que parecem nunca ter um fim, como pode o sol demorar tanto pra raiar, como pode nunca clarear, como pode os meus olhos não conseguirem segurar as lagrimas ?
 Minha cabeça diz que fiz oque pude, mas que a amores que infelizmente não nasceram para florescer.  Já o meu coração me culpa o tempo todo.
Outra noite, mais uma noite, quantas noites mais terão de se passar até chegar noites que vou implorar para durar mais um minuto ?

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Quem ela era

Não era feliz, nem triste, era agora momentânea, se é pra sorrir, ela sorria, se é pra chorar, ela chora e até o próximo momento, ela era só ela mesma

Quem sabe um dia

Digo a min mesma todas as manhas que dessa vez, pela última vez, depois de me lembrar de você te esquecerei. E no fim dá noite no meu último suspiro antes da insanidade bater eu digo a mim mesma, não foi hoje, e talvez amanhã também não, mas quem sabe um dia, quem sabe um dia eu não precise esquecer, ou quem sabe um dia eu me esqueça como se nunca estivesse existido

Smile

Ela sorria mesmo quando o coração doía, os olhos tremiam e as pernas bambeavam. Sorria porque era teimosa, essa coisa de dar o braço a torcer não era do seu feitio. Sorria porque seu sorriso lhe dava força nos dias em que suas bases desmoronavam. Sorria por medo de não ter outra oportunidade. Sorria por coragem. Sorria porque a felicidade só abraça quem lhe espera e o seu sorriso sempre foi um cartão de visita.

Tempo ..


 É lamentável começar o ano já colecionando decepções, de novo e sempre eu penso que desta vez será diferente, que dessa vez vou tacar o foda-se e que minha felicidade estará em primeiro lugar, amor próprio veio me fazer companhia, mas é quase um charme eu falhar, eu caiu em contradição, mas oque dizer se é assim que sou, se não desse tão errado não seria tão eu. 
 O amor tem diversas faces e eu nunca soube lidar com elas, sempre fui coração, de tudo me joguei em todo e qualquer abismo que me aparecia e bem não posso agora reclamar dos ossos quebrados, mas esse foi mais um amor que chegou ao fim, bom se é que teve algum dia algum começo.
 E por falar em começos eu que achava que não queria mais te-los, me vejo agora recomeçando, mas obviamente, errado.
 É engraçado como o tempo muda as pessoas, não fisicamente, ou talvez também, mas quero dizer, por dentro, as ideias, as vontades, o modo de pensar e de agir, é tempo você me deu uma rasteira daquelas .. Ah alguns anos, não que eu não me importasse com o amor, muito pelo contrario me importava até demais, mas com o amor por min, se era pra gostar de alguém eu gostava de min, se era pra fazer algo por alguém, eu fazia por min, se era pra fazer alguém feliz, eu me fazia feliz.  Mas tudo mudou e essa é o tipo de mudança que ocorre da cabeça aos pés, bem assim dizendo, não mudei como quem muda o corte de cabelo, mudei como quem morre e nasce de novo, infelizmente um pouco mais idiota, carente, sensível, e sem um pingo de respeito por min.   

 E por falar em tempo, o tempo me trouxe alguém de antes, alguém pelo qual hoje vejo que valia a pena ter sido diferente naquela época, Mas enfim, o tempo sempre foi a resposta pra tudo, hoje pela primeira vez me abstenho de responder como será daqui pra frente e deixo que ele responda livremente.